Vergalhões e Telas de Compósitos de Polímeros Reforçados com Fibra de Vidro (GFRP) como alternativa ao aço

vergalhoes-telas-grfc-fibra-aço.jpg

Com a dificuldade de fornecimento de vergalhões e telas de aço e o alto preço, uma excelente alternativa torna-se ainda mais interessante pela vantagem econômica direta.

 

Que tal substituir vergalhões e telas de aço na sua obra com um material inovador que não oxida, é mais leve e ainda tem outras vantagens técnicas?

Alto preço é um mito. Hoje os vergalhões e as telas de Compósitos de Polímeros Reforçados com Fibra de Vidro – GFRP, são mais baratos que o aço.

Já há empresas bem estruturadas que têm estoque no Brasil, com vários produtos de GFRP para pronta entrega, visualizadas no link abaixo:

https://www.haizergroup.com.br/produtos-1.

A demora para entrega do aço, hoje em dia, está sendo maior do que do GFRP, além de muitas vezes não haver garantia de que o preço, na data da entrega, será o mesmo preço orçado.

Para aplicação de GFRP, trata-se apenas de realizar os cálculos da forma correta, considerando as características específicas do material, pois este já é utilizado em larga escala, em diversos países do mundo, há mais de 30 anos, e já há vários profissionais no Brasil que sabem fazer o dimensionamento da forma correta.

 

O IBRACON e a ABECE estão editando uma prática recomendada (o texto está em revisão final), após um trabalho de aproximadamente um ano e meio de estudos e reuniões, fundamentado em ensaios conduzidos pelo CEATEC – Laboratório de Materiais de Construção da PUC‑Campinas.

 

Já existem obras realizadas no Brasil, projetadas conforme as normas internacionais, que podem ser vistas em clicando no link abaixo

https://www.haizergroup.com.br/mapa.


Há diversas informações e artigos técnicos, veja clicando no link abaixo:

https://engenheironaweb.com/2021/02/20/conheca-o-vergalhao-frp-para-concreto-armado/

https://compositegroup.com.br/blog/projetos-que-usam-vergalhoes-de-fibra-de-vidro/

https://www.haizergroup.com.br/pesquisaedesenvolvimento

A bibliografia mundial já é vasta e as utilizações são muitas. Sem dúvida esse material representa uma evolução irreversível das estruturas de concreto reforçadas, neste caso com materiais não metálicos e ambientalmente muito mais corretos. Certamente o pequeno esforço e estudo adicional para viabilizar essa solução vale a pena, devido às vantagens proporcionadas pelo GFRP, como maior resistência à tração, não oxidação, menor peso e maior resistência à fadiga, entre outras. Por exemplo, em ambientes agressivos e marítimos, o recobrimento pode ser reduzido pela ausência de risco de corrosão da armadura, possibilitando um dimensionamento mais leve e com custo final menor.

A Monobeton tem expertise em estudos deste tipo, se houver interesse podemos fazer um estudo específico para sua obra.